#ÚltimasNotícias

Prefeitura de Apiaí, Secretaria Estadual de Agricultura em conjunto com ONG SALVAR de Araçaíba fazem a primeira entrega do “Projeto Cesta Verde-PAA”.

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, em parceria com ONG SALVAR, e Prefeitura de Apiaí iniciou na ultima quinta-feira, 08/04, em Araçaíba, a entrega dos kits do “Projeto Cesta Verde” do Programa de Aquisição de Alimentos/PAA – Doação simultânea, com as presenças do Prefeito Ricardinho Assis, do Presidente da ONG SALVAR Marcelo Fedoruk, da Eng. Agrônoma da SAA/CDRS/SP Jucileia Santos (responsável pelo Projeto na região), do Secretário Municipal de Agricultura Marcos Seabra, da Coordenadora do CRAS – Rosa Silva, e do Secretário Municipal de Assistência Social, Cleiton Constantino.

Esta fase do Projeto Cesta Verde é resultado de um termo de adesão assinado pelo Governo do Estado de São Paulo, com o Ministério da Cidadania (Governo Federal) e prevê o repasse, diretamente aos produtores cadastrados. O projeto garante ganhos nas duas pontas: os agricultores familiares podem escoar a sua produção e ter retorno financeiro garantido, e as famílias que mais precisam, recebem os alimentos. Em cada cesta verde vão aproximadamente 10kg de alimentos, distribuídos entre frutas, verduras, legumes e tubérculos.

“Em Apiaí, foram cadastrados 20 (vinte) produtores para a entrega de frutas, legumes, verduras e tubérculos para um total de cerca de 360 famílias em situação de vulnerabilidade e risco social, credenciadas pelo Centro de Referência de Assistência Social CRAS e pela ONG SALVAR e também visa atender o Lar Fraterno São Vicente de Paulo de Apiaí entre outras Entidades Sociais”, enfatiza o Secretário Cleiton Constantino.

Nesta modalidade de ação, os produtores recebem um cartão e o dinheiro vai direto do Ministério da Cidadania para a conta corrente do produtor no Banco do Brasil.

“Neste momento da pandemia, esse é mais um ganho para a Municipalidade, pois o Projeto visa garantir a segurança alimentar dos que mais precisam, além de valorizar e beneficiar também os produtores rurais e os agricultores familiares”, observou o Prefeito Ricardinho Assis.

A montagem das cestas, toda a manipulação dos itens e a entrega aos beneficiários seguem todos os critérios sanitários preconizados como a higienização individual constante, e o uso de máscaras e o distanciamento social, salienta Marcelo Fedoruck – Presidente da ONG SALVAR (recebedora e distribuidora dos alimentos).

Desta forma, foram agendados horários específicos tanto entrega dos produtores na ONG tanto para a retirada pelas famílias, de forma a não haver aglomeração como prega o Plano de São Paulo de combate á covid-19.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp